Os aliados desconhecidos da segunda guerra mundial

30 de Outubro de 2020

O conflito armado mais importante de todos os tempos exigiu, evidentemente, as maiores alianças de todos os tempos. No início da década de 1930, ninguém podia imaginar que países como o Reino Unido e os Estados Unidos pudessem ser aliados da URSS para qualquer fim.

Com o início da Segunda Guerra Mundial em 1939, as alianças começaram a ser forjadas tanto do lado do Eixo como do lado dos Aliados. Neste artigo vamos explicar quem eram os Aliados, os conhecidos e não tão bem conhecidos, e como participaram na queda dos poderes do Eixo.

 

Geralmente, quando se fala dos Aliados, os protagonistas são as quatro potências acima mencionadas, mas as forças opostas ao Eixo eram muitas mais, algumas delas de importância vital para a caminhada para a vitória.

 

SEGUNDA REPÚBLICA DA POLÓNIA

A Polónia foi o primeiro país a ser invadido pela Alemanha nazi em setembro de 1939. A estratégia de guerra rápida levada a cabo pelos nazis, chamada Blietzkrieg (guerra relâmpago) causou a invasão da Polónia em poucos dias. A verdade é que a URSS também atacou a Polónia em setembro de 1939 como resultado dos acordos Ribbentrop-Molotov. Como resultado de ambas as invasões, a Polónia foi forçada a criar um movimento de resistência que se tornou poderoso e contribuiu com forças militares para o resto da guerra.

 

 

FRANÇA LIVRE

Após a invasão de França pelos nazis, Charles de Gaulle estabeleceu um governo no exílio conhecido como a França Livre, o qual, embora notavelmente fraco, contribuiu para que os Aliados fizessem o melhor que podiam.

 

Os generais De Gaulle e Giraud apertam as mãos em frente de Roosevelt e Churchill na conferência de Casablanca, a 14 de Janeiro de 1943.

 

PAÍSES LATINO-AMERICANOS

BRASIL

O Brasil participou na Segunda Guerra Mundial através da Força Expedicionária Brasileira, composta por cerca de 30.000 soldados. Eles lutaram na Campanha Italiana.

 

 

 

MÉXICO

Embora o México se tenha declarado neutro na Segunda Guerra Mundial, a verdade é que durante os anos anteriores ao conflito já se tinham pronunciado contra os sistemas totalitários. Embora a sua participação não tenha sido muito relevante. Participaram em exercícios defensivos ao largo da costa da Califórnia, enviaram o Esquadrão 201 para os Estados Unidos como apoio, e milhares de mexicanos juntaram-se aos exércitos de diferentes países como voluntários.

 

Para além do Brasil e México, outros países latino-americanos como a Colômbia, Argentina e Paraguai participaram em maior ou menor grau juntamente com os principais Aliados.

 

DA ALIANÇA PARA AS NAÇÕES UNIDAS: AS QUATRO POLÍCIAS

A aliança assinada pelo Reino Unido, China, Estados Unidos e URSS é bem conhecida. O que é menos conhecido é o nome pelo qual esta aliança era conhecida: The Four Policemen. Esta aliança foi concebida pelo Presidente dos EUA Franklin D. Roosevelt. A sua intenção era reunir quatro dos países mais poderosos do mundo para garantirem a paz após a Segunda Guerra Mundial. Estes países tornar-se-iam os “guardiães do mundo”.

 

Desenho de Franklin Roosevelt de 1943 dos três ramos do projeto original das Nações Unidas

O ramo da direita representa os Quatro Cópias.

 

 

No meio da guerra, os países considerados mais poderosos do mundo foram o Reino Unido, os Estados Unidos e a URSS. A China, apesar de ser considerada um país poderoso, a sua situação política instável e a sua situação menos desenvolvida do que os outros três países, deixou-a de fora deste “tridente do poder”.

 

Quando a guerra estava a chegar ao fim e a vitória dos aliados já estava claramente à vista, Roosevelt considerou que a China deveria ser incluída entre os guardiães da paz uma vez terminado o conflito.

 

A ideia de Roosevelt foi substituir de alguma forma a Liga das Nações, que foi criada após o fim da Primeira Guerra Mundial com o objetivo de estabelecer as bases para a paz. Roosevelt pensava que a Sociedade era ineficaz e que era necessária outra organização mais eficaz:

 

“Na atual confusão mundial total, não é considerado aconselhável neste momento reconstituir a Liga das Nações que, devido à sua dimensão, gera desacordos e inação”…

 

Durante a conferência de Ialta, realizada antes do fim da Segunda Guerra Mundial, Roosevelt, juntamente com Churchill e Estaline, já havia mencionado o conceito das “Nações Unidas”. A conferência Four Cops e a conferência de Ialta foram a semente do que agora conhecemos como a ONU, a Organização das Nações Unidas.

 

 

Contenido relacionado