Os enigmas do 11 de setembro

27 de Agosto de 2020

Passaram 17 anos desde o terror do 11 de setembro de 2001, em Nova Iorque e em todo o mundo. Por volta das 8:45 da manhã, começou o maior ato terrorista da história.

Após quase 20 anos, existem muitas incógnitas e enigmas que permanecem sem resposta e continuam a dividir a opinião pública.

 

O avião que se despenhou no Pentágono:

Enquanto Nova Iorque sofria as consequências da queda do avião, outra ameaça sobrevoava o espaço norte-americano. Foi anunciado que o voo 77 da American Airlines tinha sido desviado e estava a dirigir-se para Washington. Minutos mais tarde, caiu no Pentágono. O estranho é que nas fotografias que foram transmitidas minutos após o impacto, não havia poças de combustível, nem bagagem, nem corpos, nem destroços do avião como as asas. Segundo as fontes norte-americanas, os seus militares dispararam um míssil que desintegrou o avião, pelo que as consequências do impacto foram menores do que se tivessem deixado o avião colidir com o edifício do governo. Foi realmente o impacto do avião que matou as 77 ocupantes e as 124 no Pentágono?

Impacto com as Torres Gémeas:

A precisão da colisão dos aviões com as Torres Gémeas levantou suspeitas sobre a autoria destes ataques. Segundo os pilotos especializados, os terroristas que fizeram com que o avião colidisse com o World Trade Center tinham de ser muito experientes. Com base na envergadura dos aviões (Boeing 767), na velocidade e no tamanho das torres, apenas um erro de cálculo de 55 metros teria feito com que os terroristas falhassem o seu alvo. As teorias da conspiração não tardaram e ainda hoje se falam delas.

O governo dos EUA agiu rapidamente, tendo intercetado com um míssil o avião do Pentágono. Porque não fizeram o mesmo com os aviões de Nova Iorque, tendo conhecimento do massacre que iria causar? De acordo com as teorias da conspiração, o vice-presidente dos Estados Unidos, Dick Cheney, ordenou que não os intercetasse. Fontes oficiais declaram que o sistema de localização de aviões foi pirateado e ninguém notou o desvio dos aviões até ser demasiado tarde.

Como conseguiram invadir o sistema de localização aérea?

Como conseguiram sequestrar os aviões?

O colapso das Torres Gémeas:

Todos vimos em direto a colisão dos aviões contra o World Trade Center. Durante duas horas observámos incrédulos, enquanto as duas colunas de fumo envolviam o impacto de cada torre. Após duas horas agonizantes, a primeira das torres desabou, seguida, minutos mais tarde pela segunda torre. Peritos, relutantes em acreditar na versão oficial do governo, destacaram a rapidez do colapso das torres. De acordo com esta visão, é muito estranho que após apenas 56 minutos, a primeira torre, e 102 minutos de fogo, a segunda torre tenha caído. Esta visão é apoiada pelos sons das explosões que foram ouvidas segundos antes do colapso. As explosões foram controladas? Foi o combustível e os diferentes compostos dos edifícios que causaram as explosões e o subsequente colapso?

Os Terroristas:

Os nomes de nenhum dos 20 sequestradores que participaram nos ataques constavam das listas de passageiros. Pode ser lógico que não tenham dado os seus verdadeiros nomes se tencionavam levar a cabo os ataques, mas o estranho é que também não foram encontrados nomes árabes nas listas. Além disso, como conseguiram sequestrar as cabines dos aviões? Como conseguiram colocar as armas nos aviões? Infelizmente, estas são perguntas que nunca poderão ser respondidas.

 

A torre 7 do World Trade Center:

Não foram só as Torres Gémeas que colapsaram naquele dia.

O edifício 7 do complexo financeiro também colapsou. Os arquitetos especializados não conseguiram compreender como um arranha-céus com base de aço, que não foi atingido pelo avião, ruiu. Foram analisados os destroços deste arranha-céus e foram encontrados vestígios de Thermite, uma composição pirotécnica utilizada em demolições. No entanto, este componente também pode ser encontrado em pinturas. Esta terá desabado devido à onda de explosão das Torres Gémeas? Foi demolido? Havia algo no seu interior que queriam esconder?

Não existem respostas para muitos estes enigmas, e provavelmente nunca existirão.

Contenido relacionado