A União Soviética invadiu o Afeganistão

26 de Dezembro de 1979

A invasão soviética no Afeganistão, também conhecida como a Guerra Afegã-Soviética, foi um conflito armado que teve início a 26 de dezembro de 1979 e que envolveu as forças soviéticas no apoio ao Governo Marxista do Partido Democrático Popular do Afeganistão (PDPA) contra os amotinados fundamentalistas islâmicos, principalmente os Mujahidin. Como a URSS passou a ter a responsabilidade do Governo, nomeou Babrak Karmal para assumir o cargo de Primeiro-ministro e Secretário-geral do Partido Democrático Popular do Afeganistão. A guerra civil esteve interrompida durante alguns anos, mas esse período de tréguas foi aproveitado, quer pelos rebeldes, quer pelo Governo, para se reorganizarem. Por outro lado, os Soviéticos depuseram Karmal e Mohammed Najibulá dos seus cargos e substituíram-nos. A guerra deixou feridas profundas, primeiro na sociedade soviética e depois na russa.

Contenido relacionado