O português Pedro de Teixeira partiu em expedição para explorar o rio Amazonas

25 de Julho de 1637

No dia 25 de julho de 1637, o cartógrafo Pedro de Teixeira deu início a uma expedição, ao serviço da Coroa portuguesa, para identificar a origem do rio Amazonas. Pedro de Teixeira partiu com uma frota de canoas, com 70 soldados e 1.200 índios e escravos. Além de mapear a região, Teixeira também registou notas sobre os índios, os seus costumes, assim como sobre o clima, a flora e a fauna da região. Passados oito meses de viagem chegou a Quito, no Equador, onde foi capturado pelas autoridades espanholas. Contudo, Pedro de Teixeira obteve permissão para regressar à Amazónia desde que a sua expedição fosse vistoriada por padres jesuítas. Apesar destes contratempos, Pedro de Teixeira continuou a sua missão de explorar a Amazónia nos anos seguintes.

Contenido relacionado