Segunda Guerra Mundial: primeiro ataque a Londres por mísseis V-2

8 de Setembro de 1944

A 8 de setembro de 1944, em plena Guerra Mundial, a Alemanha lançou mísseis V-2 contra a cidade de Londres, na Inglaterra. Em vez de um ataque com aviões, como foi o caso da Blitz, os Alemães lançaram fogo a partir do continente europeu. No total, as armas V mataram 8.938 civis em Londres e no sudeste.
O V-2 (em alemão: Vergeltungswaffe 2, algo como “Arma da Vingança 2”), era um um míssil balístico de curto alcance, desenvolvido durante a Segunda Guerra Mundial na Alemanha, especificamente para atacar Londres e, mais tarde, Antuérpia, na Bélgica.
Comummente referido como o foguete V-2, o foguete com líquido propulsor foi o primeiro míssil de combate balístico de longo alcance do mundo e o primeiro artefacto humano conhecido por entrar no espaço sideral. É considerado também o precursor de todos os foguetes modernos, incluindo aqueles usados pelos Estados Unidos e os programas espaciais da União Soviética. Após o término da Segunda Guerra Mundial, os governos norte-americano, soviético e britânico tiveram acesso aos projetos técnicos do V-2, bem como aos cientistas alemães responsáveis pela criação dos foguetes.
A arma foi apresentada pela propaganda nazi como uma retaliação aos crescentes bombardeamentos contra cidades alemães desde 1942 até a rendição da Alemanha. A partir de setembro de 1944, mais de 3.000 V-2 foram lançados contra alvos aliados durante a guerra, principalmente contra Londres e, posteriormente, Antuérpia e Liège.

Contenido relacionado