À Caça de Hitler: Relatos de Testemunhas Oculares

A investigação de Bob e John leva-os ao norte de Espanha, onde um documento divulgado indica que Hitler e um colaborador próximo, Leon Degrelle, possam ter chegado a San Sebastian vindos da Dinamarca. James Holland e Mike Simpson deslocam-se ao local, onde encontram várias testemunhas oculares, um satélite do III Reich, e o que poderá ser um centro de comunicações nazi. A equipa sul-americana continua em Misiones, na Argentina, onde chegam à fala com um parente de Hermann Göring, e com uma testemunha que diz que o pai trabalhou para Martin Bormann, braço direito de Hitler, depois da guerra. Como se cria que Bormann morrera em 1945, esta bomba pode dar um novo rumo à investigação.

Ver mais informação do programa