A Construção de um Imperio: A Civilização Maia

No auge da sua glória, a antiga e misteriosa civilização maia governou um território de mais de 300.000 quilómetros quadrados o qual hoje corresponde à Guatemala, México, Honduras, El Salvador e Belize. O que começou como uma modesta população de grupos de caçadores, cresceu até se transformar em mais de quarenta prósperas cidades-estados, construídas nas selvas exuberantes e governadas por uma dinastia de poderosos reis. Num extraordinário desdobramento de criatividade, desde o ano 250 d.C. até 900 d.C., sem o uso do metal, sem animais de carga e sem sequer a roda, os Maias construíram altíssimas pirâmides-templo, palácios ornamentados e avançados sistemas hidráulicos, todo para apaziguar os deuses e manter a sua cada vez mais numerosa população. Desde os Templos-Pirâmide de Tikal, à tumba real de Palenque, ou ao observatório de estrelas em Chichén Itzá, este episódio examinará a arquitectura e a infra-estrutura que permitiu a ascensão e a queda da antiga civilização maia.

Ver mais informação do programa