Depois do Armagedão

Este especial investiga como, no passado, algumas sociedades foram capazes de sobreviver a destruições maciças para se recuperarem e ressurgirem como novas comunidades. Provas científicas e a análise de desastres anteriores oferecem-nos uma nova percepção de como os seres humanos responderam tradicionalmente a cataclismos de grande escala. Baseando-se num dos momentos mais dramáticos da história, como Hiroshima, o furacão Katrina ou os ataques do 11 de Setembro, o documentário apresenta dados irrefutáveis analisando o desaparecimento das reservas de água e alimentos; os efeitos de instalações sanitárias deterioradas sobre a saúde da população sobrevivente; o papel das divisas num ambiente modificado, o aumento do uso da violência como meio de sobrevivência; e como comunidades do passado e do presente conseguiram manter-se a viver de forma auto-suficiente.