Hacking Justice

Seis países, dois sistemas legais, um caso inovador... Desde que aceitou o caso em 2012, para defender a Julian Assange, o talento e capacidades do juiz Baltasar Garzón têm sido postas à prova, à medida que os anos passam e o caso parece estagnado. Nos bastidores, a equipa tem de encontrar estratégicas inovadoras para defender o ativista mais famoso do mundo. Já ganharam algumas batalhas, mas ninguém sabe como acabará a guerra. Para Garzón, o controverso juiz espanhol que ousou processar Pinochet, aceitar Assange como cliente foi "simplesmente natural", porque sentiu que as vidas deles tinham seguido caminhos idênticos: ambos se meteram em sarilhos porque lutaram apaixonadamente por uma ideia...