História do Nazismo: Democracia Sem Democratas

Em finais dos anos 20, a Alemanha fervilhava. Os protestos sociais transformam-se num movimento racista e anti-semítico, com Hitler e o seu partido a tirarem partido dessa revolta. Este episódio mostra como a crise económica mundial teve efeitos catastróficos na República de Weimar. Para conseguir a lealdade do povo, o NSDAP recorria deliberadamente às emoções. Em 1932, o partido tornou-se o mais forte do Parlamento, e o presidente Hindenburg, com a ajuda dos partidos conservadores, vai destruindo o que resta da democracia.

Ver mais informação do programa