Mundos perdidos: O Império de Ramsés

No ano de 1300 a.C., a poderosa civilização egípcia vivia a sua época dourada, governada por Ramsés II, um homem que pretendia transformar-se no maior dos faraós e que deixaria a sua marca através de imensas construções: enormes estátuas, obeliscos altíssimos e templos escavados na rocha. Ramsés era um gigante, que reinou durante 67 anos, levando o seu império a uma glória ainda maior. As ruínas das suas construções ainda continuam de pé e com a ajuda das últimas investigações e da tecnologia gráfica mais avançada, podemos revelar agora a verdadeira escala da sua ambição. Iremos reconstruir a grandiosa sala hipóstila de Karnak; examinaremos as inovações técnicas e a destreza na engenharia que permitiram a construção do templo de Abu Simbel; reconstruiremos o Ramesseum tal como estava na época de Ramsés; além disso, descobriremos como era a extraordinária tumba que Ramsés construiu para si próprio, quando o seu corpo foi aí finalmente depositado.