O Império Romano: Rebelião e Traição

No ano 162 d.C. Marco Aurélio herda o Império no seu apogeu. A paz e a prosperidade reinaram durante cem anos e as suas fronteiras estendem-se desde o Mar da Irlanda até às areias da Síria. E à medida que Roma aumenta o seu poder, converte-se num objectivo ainda maior. A guerra estala em duas frentes, no Leste e no Norte. Marco Aurélio preferiria ficar em casa e escrever sobre filosofia, mas o dever diz-lhe que deve salvar o Império. As suas guerras germânicas convertem-se num longo e sangrento conflito que não parece ter fim. No entanto, com a sua morte perde-se o seu ansiado sonho de conquistar as terras germânicas, uma vez que o seu filho Cómodo não consegue levar a cabo a sua missão, já que prefere a luxuosa vida em Roma à perigosa existência de um soldado.

Ver mais informação do programa