Os Lados Ocultos da II Guerra Mundial: A Libertãçao

10:30h

segunda, 15/07/2019

Depois do Dia D, o segundo grande passo para o fim da guerra é a libertação de França e o avanço na direção da Alemanha. As pessoas recordam a Libertação como cenas de júbilo em que o povo recebia os homens e mulheres que vinham libertá-lo de anos de opressão. Porém, por detrás das imagens idealizadas, há alguns pontos negros. A desorganização do Governo, a escassez de alimentos e o elevado grau de insegurança conduziram ao caos.Mas, nos bastidores, trava-se uma luta política entre De Gaulle, a resistência interna e as Forças Aliadas. Uma vez libertada, os Americanos tencionavam administrar França. Contudo, para De Gaulle, o único governo legítimo era aquele por ele liderado no exílio, desde 1943. A libertação da França não devia cingir-se apenas aos Americanos, já que a sua futura soberania dependia da sua capacidade de se libertar a si própria, e quaisquer atos de bravura da guerrilha francesa, por mais pequenos que fossem, eram cruciais para atingir esse objetivo.

Ver mais informação do programa