11 de Setembro - 20 Anos: Fuga da Zona de Impacto

A história inédita da fuga extraordinária de sobreviventes da zona de impacto e imediações, depois de dois aviões desviados por terroristas terem chocado contra as Torres Gémeas. Os aviões colidiram a mais de 800 km/hora, pulverizando vários pisos e gerando grandes bolas de fogo. A principal zona de impacto na Torre Norte situou-se entre o 93º e o 99º andar. Na Torre Sul foi entre o 77º e o 84º andar. Mais de mil pessoas tiveram morte imediata ou nos dez minutos seguintes ao impacto. Algumas foram incineradas em bolas de fogo que chegaram a atingir temperaturas na ordem dos 3000ºC. Muitas mais morreram na explosão ¿ sem dúvida, como uma bomba ¿ quando cada um dos aviões se dissolveu numa chuva de estilhaços letais.Ninguém que estava diretamente na zona de impacto da Torre Norte sobreviveu. Como o avião trespassou o edifício, destruiu todas as escadarias. Isto significou que todas as pessoas que se encontravam nos pisos superiores à zona de impacto também morreram.