A Bola de Fogo de Tutankhamon

Muito longe, numa zona remota do Deserto do Saara, reside um mistério¿ Espalhados pela areia existem pedaços de vidro tão antigos que até precedem os antigos egípcios. Mas a origem deste vidro tem sido um verdadeiro enigma científico¿Agora, uma equipa de cientistas está determinada a resolver finalmente o mistério. Uma busca internacional por uma resposta estendeu-se do Egito a Itália, da Sibéria à Alemanha e, finalmente, aos EUA. Lá, o cientista Mark Boslough decidiu fazer uma viagem pelas dunas de areia para ver pessoalmente o famoso vidro e, de regresso ao seu laboratório, ele conseguiu carregar todos os dados conhecidos nos supercomputadores mais potentes do mundo para revelar a verdade¿ Ele descobriu que os pequenos asteroides, demasiado pequenos para serem detetados, são potencialmente um grande perigo, e o vidro existente no deserto é a prova do seu poder extraordinário.