A Guerra de Adolfo Hitler

A nova série documental ¿A Guerra de Adolfo Hitler¿, dividida em seis episódios, regressa à época de uma das maiores batalhas alguma vez travadas e à narrativa pouco compreendida das pessoas que viveram, trabalharam, se esconderam, resistiram e foram assassinadas nas terras ocupadas da Frente de Leste. Incluindo entrevistas exclusivas com académicos especializados na Polónia, Bielorrússia, Rússia, Alemanha e Ucrânia, assim como imagens de arquivo inéditas e imagens originais das povoações destruídas, dos campos de batalha e dos campos de concentração, ¿A Guerra de Adolfo Hitler¿ narra uma perspetiva nova, emocionante e dramática de um dos conflitos mais influentes da História. Adolfo Hitler estava determinado em expandir a Alemanha para Leste, de modo a transformar a Alemanha numa grande potência continental e concretizar os sonhos que ele tinha para o povo germânico. Hitler acreditava que os territórios conquistados, incluindo a Polónia, a Bielorrússia e as Repúblicas Socialistas Soviéticas Ucranianas, e os estados Bálticos ¿para o povo alemão¿ era o seu destino, sendo que é por isso que a guerra no Leste era a ¿guerra de Adolfo Hitler¿. Alguns aspetos da história da Frente de Leste são bastante conhecidos: a batalha de Estalinegrado, o cerco em Leninegrado¿ No entanto, a escala avassaladora do conflito não é conhecida: por cada 22 alemães mortos em combate, 19 morreram na Frente de Leste. O sucesso da invasão inicial criou um vasto território ocupado, governado por um tirano, o epicentro do Holocausto e de uma resistência partidária à ocupação. Mais de um quarto da população da Ucrânia e um terço da população da Bielorrússia foram mortos. Quase nenhuma cidade, vila ou aldeia escapou a danos consideráveis ou à total destruição. Depois da destruição causada pela guerra, estas terras tornaram-se o ¿Bloco Soviético¿ e só recentemente procederam à abertura dos arquivos e as memórias foram livremente expressas, tornando possível narrar a sua história.