The Clinton Affair

Os Democratas recuperam a Casa Branca depois de 12 anos de controlo republicano, mas os escândalos que atingiram Bill Clinton durante a campanha seguiram-no até Washington. Depois do suicídio do conselheiro da Casa Branca Vince Foster, o Presidente Clinton tenta serenar os ânimos, pedindo a uma Comissão Independente para investigar os presumíveis delitos. Face às conclusões do relatório que confirmaram que Clinton incumbiu agentes da Polícia estadual de lhe arranjar encontros amorosos, quando ele era Governador, Paula Jones decide processar o Presidente por assédio sexual, e os Republicanos não perdem a oportunidade para usar este escândalo como uma arma contra os Clinton. À medida que a investigação da Comissão Independente se alarga, o Presidente começa uma relação amorosa com uma estagiária da Casa Branca chamada Monica Lewinsky, o que ameaça destruir a sua carreira política.